Anthares (AL) conquista etapa do Campeonato Brasileiro de Vôlei Sentado, série Prata

Neste sábado, 9, segundo dia de competição saiu o campeão do grupo A, da série Prata, do Campeonato Brasileiro de Vôlei Sentado Masculino (Norte, Nordeste e Centro-oeste). Também aconteceu a 3ª e 4ª rodada do Campeonato Brasileiro de Vôlei Sentado Feminino, 1º fase, que foi marcado pela magia do esporte na inclusão de jovens dentro da modalidade e troca de experiência entre atletas. As duas competições estão acontecendo na quadra do Instituto Federal Sergipe (IFS) e são organizadas pela Confederação Brasileira de Voleibol para Deficientes (CBVD).

Na última partida do dia do campeonato masculino, o time do Anthares (AL) conquistou o título antecipado da etapa ao vencer o Adespa (Pa) por 3 sets a zero (25/18, 25/15 e 25/16). O técnico da equipe campeã destacou. “Já vínhamos batalhando a anos, batendo na trave, ficando em terceiro lugar, após muita luta e esforços conseguimos o título e o direito ao acesso a série Ouro, onde estão os principais times do Brasil”, disse Marcelo Gualberto.

Na partida que encerrou a terceira rodada do Campeonato Brasileiro Feminino, entre Sesi (SP) e o Ciep (SE), duas atletas equipe paulista, um com 11 anos e outra com 17 anos, roubaram a cena na quadra ao participarem do jogo. As jovens promessas deixaram a torcida vibrante a cada jogada que participaram. De acordo com Yasmin Santos Camargo, o momento foi mágico. “Estou adorando a experiência e confesso que fiquei muito nervosa quando entrei em quadra, mas graças a Deus consegui converter meus saques”, descreveu Yasmin de apenas 11 anos.

Mesmo perdendo a partida por um grande placar de diferença, a jogadora do time sergipano demonstrou toda sua emoção ao participar de uma competição nacional dentro de sua cidade. “Este campeonato está sendo um aprendizado enorme, aprendi técnicas novas em cada jogada na quadra, aproveitei o máximo cada minuto do jogo contra o Sesi, time que possui várias jogadoras da seleção brasileira”, declarou Virginia Vitório que tem sete anos de prática na modalidade.

Resultados

No período da manhã pelo Campeonato Brasileiro Feminino, o Adfego (Go) passou por 3×1 o Ciep (Se), por 25/16, 21/25, 25/10 e 25/15. Em seguida o Adap (Go) venceu por 3×0 o Anthares (Al), parciais 25/13, 25/12 e 25/10. O terceiro jogo aconteceu entre Sesi (Sp) e Ciep (Se), onde a equipe paulista atropelou as sergipanas por 3×0, parciais 25/8, 25/13 e 25/10. Pelo masculino, o Asdepa (Pa) que ganhou do Adesfesmic por 3×1, parciais 21/25, 25/20, 25/15 e 25/16. Encerrando os jogos, o Anthares (Al) passou por 3×0 pelo Asdepa (Pa), parciais 25/17, 25/11 e 25/21.

No turno da tarde, quatro partidas encerraram a rodada das competições. No feminino, o clássico goiano teve como vencedor Adap (Go), que superou o Adfego (Go) por 3×0 (25/16, 25/18 e 25/13). Na outra partida o Sesi atropelou as sergipanas do Ciep também por 3×0 (25/6, 25/13 e 25/10). Pelo masculino o Adesfemic (AL) ganhou por 3×0 do Adefa (25/18, 25/16 e 26/24). A grande final aconteceu entre o Anthares (AL) e Adespa (PA), onde a equipe alagoana passou por 3×0.

Por: Danilo Cardoso
Copyright Confederação Brasileira de Voley para Deficiente. Desenvolvido por Softeam